Os efeitos da política de Guerra às Drogas americana

December 22, 2017

 

 

Recentemente, a revista High Times publicou dois textos distintos, mas que levam ao mesmo ponto de discussão: a culpa que o governo americano tem nas legislações vigentes em outros países em relação às drogas, no caso da matéria o Japão, que tem um sistema muito rígido, e como eles acabaram por legalizar drogas pesadas, e proibiram leves, como a maconha.

E na verdade, a Guerra às Drogas que vemos diariamente no Brasil, ainda faz parte de uma política global de drogas, criada pelos Estados Unidos, na época do então presidente Richard Nixon, e se tornando mais combativa com Ronald Reagan, inclusive com sua esposa liderando a campanha Just Say No, tentando convencer o mundo, e especialmente a América Latina, de que a maconha era um mau a ser combatido, e era possível erradicar as drogas do mundo. Mais do que isso, neste período drogas farmacêuticas foram legalizadas e se popularizaram de uma maneira que hoje percebemos ao andar em qualquer grande cidade e ver o número de farmácias, e tudo sem nenhum controle sobre o crescimento da indústria, assim como o tabaco e o álcool.

 

 

 

Hoje vemos o fracasso total dessa política, e a legalização acontecendo em diversos estados americanos, assim como o MDMA, uma substância proibida, vem ganhando espaço nos laboratórios no tratamento de veteranos de guerra que sofrem de Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT). O mundo está revendo seus conceitos, e já passou da hora dos países que seguiram aqueles passos mudarem também.

 

 

 

 

Guilherme Darros

 

Jornalista, e produtor de conteúdo canábico.

Lutando pela legalização em meio à muita fumaça e brisadas.

Compartilhar em Facebook
Compartilhar em Twitter
Please reload

Ultra420: novo site, cores, e produtos

March 25, 2019

3 motivos para substituir o plástico por cânhamo

March 20, 2019

Ultra420: criando, inovando e informando há 25 anos!

March 18, 2019

1/17
Please reload

Recent Posts:
  • facebook
  • Instagram
  • TV Ultra420
  • Twitter
  • Radio Ultra420
  • pinterest
  • Flickr