O Pen-Tsao chinês: um livro sobre ervas de 1578

December 27, 2017

 

 

Quem costuma acompanhar as notícias relacionadas ao universo canábico se depara frequentemente com novas informações sobre o uso da cannabis medicinal para tratar diversas enfermidades, com cada vez mais descobertas de como ela prevenir ou auxiliar no tratamento dessas doenças. Entretanto, há informações de que 2.700 a.C, o Imperador chinês Shen- Nung já fazia relatos orais do uso terapêutico da planta, que mais tarde seriam registrados em um livro.

 

 

 

O Pen-Tsao Kang-Mu é um dos primeiros, e mais tradicionais livros sobre os valores medicinais de diversas ervas encontradas na época e reúne informações sobre mais de 1.800 herbáceos encontrados em todo o mundo, e que devido ao conhecimento dos chineses, se tornou uma referência. Sua primeira edição foi finalizada em 1578, pelo médico, farmacologista, e herbalista chinês, Li Shizen.

No livro, a cannabis, e sua semente eram recomendadas para tratar de dores reumáticas e intestinais, cólicas menstruais, e até mesmo malária. Se no passado já era possível detectar tais benefícios, é mais do que necessário que com os avanços tecnológicos se descubra cada vez mais com a possibilidade de isolar as diversas substâncias da planta.

 

 

 

 

Guilherme Darros

 

Jornalista, e produtor de conteúdo canábico. Lutando pela legalização em meio à muita fumaça e brisadas.

Compartilhar em Facebook
Compartilhar em Twitter
Please reload

Ultra420: novo site, cores, e produtos

March 25, 2019

3 motivos para substituir o plástico por cânhamo

March 20, 2019

Ultra420: criando, inovando e informando há 25 anos!

March 18, 2019

1/17
Please reload

Recent Posts:
  • facebook
  • Instagram
  • TV Ultra420
  • Twitter
  • Radio Ultra420
  • pinterest
  • Flickr